Comandar e obedecer

Quero estar nas tuas mãos como dom, na tua boca como pão, no teu íntimo como sangue

Verão, tempo para reentrar em nós próprios

Quem não arde, não vive

Pensar e venerar

Powered by Feed Informer